fb_268

SEU PET TAMBÉM PODE SOFRER COM ALERGIAS NA PRIMAVERA

13 de outubro de 2017 Postado por Alergias 0 comentários em “SEU PET TAMBÉM PODE SOFRER COM ALERGIAS NA PRIMAVERA”

Árvores lindas, atchim, flores desabrochando, atchim, cidade colorida e atchim, se você é alérgico e se identificou com os espirros na primavera, com o seu pet não é diferente. Como os humanos, animais de estimação também podem ser alérgicos ao pólen das flores, as reações alérgicas geralmente se manifestam como coceiras na parte do focinho e dos olhos, e podem ser tratadas de diferentes formas.

 

A maioria dos bichinhos de estimação podem apresentar os sintomas de alergia quando os primeiros dias da estação chegam, especialmente em regiões com uma grande quantidade de jardins e árvores.

 

O sistema imunológico reage de modo anormal quando tem contato com ácaros, pó, pólen, fungos e entre outros fatores que provocam espirros e coceira na região da rosto. Todas as reações alérgicas são desagradáveis, algumas muito sérias e poucas são fatais. As substâncias que causam as alergias são chamadas de alérgenos. Uma reação alérgica pode ser causada através da inalação ou da ingestão de alérgenos, mas também pode ser resultado de um contato direto com a substância à qual o seu pet é sensível.

 

Os sinais de alergia nos pets aparecem instantaneamente após o contato com determinados alérgenos ou até mesmo depois de vários meses.

 

Os sintomas iniciais típicos do animal alérgico são quando ele começa a se lamber ou mascar as patas. Alguns destes sintomas são tão brandos que é possível que nem você mesmo perceba.

 

Se os indícios começaram nos primeiros dias da primavera, é um indício de que tudo isso pode realmente estar relacionado a uma crise de alergia. Neste caso, é importante levar seu pet ao veterinário para que ele possa fazer uma avaliação mais precisa do quadro.

 

Prevenção

 

Genética: como a grande maioria das doenças alérgicas são herdadas, não existe nenhuma maneira de preveni-las. Existe um consenso de que as alergias podem ser controladas, mas não prevenidas. O melhor controle é evitando-se o contato do animal com os alérgenos aos quais ele é sensível.

 

Por exemplo: Se seu cão é alérgico a pulgas, é importante controlar infestações de pulgas. Alguns alérgenos, tais como fungos, bolores, pó, ácaros e pólen são muito difíceis de se evitar. Sendo assim, é importante encontrar formas alternativas de tratamento para controlar as alergias.

 

Se o seu pet for diagnosticado com alguma alergia referente ao pólen:

 

  • Evite campos gramados. Em sua casa, mantenha a grama bem baixa.

 

  • Lave seu pet após o contato com gramas, ervas ou arbustos.

 

  • Na primavera, que é uma estação de polinização, mantenha seu cão dentro de casa durante o anoitecer e amanhecer.

Tags: ,

Ainda não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Este campo é obrigatório!

<small>Você poderá utilizar estes <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags e atributos:<br> <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>