fb_224

S.R.D – Sem raça definida, conhecido como VIRA-LATA

01 de junho de 2017 Postado por Raças 0 comentários em “S.R.D – Sem raça definida, conhecido como VIRA-LATA”

Aposto que você conhece um cãozinho vira-lata, até porque é um dos mais comuns e podemos encontrá-los nos quintais das casas e infelizmente muitos deles nas ruas, porque é um dos animais que mais sofre com o abandono no Brasil nos dias de hoje.

Esse cachorro ganhou boa parte de sua popularidade pelo fato de ser de natureza desconhecida, que faz com que seja único para quem tem um exemplar dentro de casa. E tem como característica a inteligência, além de serem cheios de amor.

Origem

A origem do vira-lata é indefinida, por ser fruto de misturas e raças diversas, sendo que a descendência de cada um dos animais considerados no grupo sem raça definida varia de acordo com a sua própria história.

Porém, os termos usados para descrever estes animais têm se modificado ao longo das últimas décadas, deixando um pouco de lado a ideia de que o nome vira-lata é sinônimo de algo altamente pejorativo. Enquanto, há certo tempo, o vira-lata era considerado um cachorro de rua – que tinha esse nome para explicar que, virando latas pelos lugares mais estranhos e em meio ao lixo, esse animal buscava seus alimentos – os cachorros considerados ‘mestiços’ eram chamados pela sigla de SRD. Felizmente, hoje, essas duas siglas já podem ser consideradas como sinônimos; deixando de lado a ideia de que os vira-latas são cães menos especiais que quaisquer outros, e mostrando que o uso desse termo para se referir a um animal (ou qualquer outra noção ou pessoa) de forma negativa.

 

Comportamento

O comportamento do Vira-lata ou SRD, pode ser definido no geral, porque já que todas as suas características são definidas a partir de uma série de influências provenientes das raças que lhe deram origem.

Em função disso, os cachorros vira-lata podem ser muito diferentes e destacar aspectos extremamente interessantes, tendo em vista que o tipo de aparência que pode se formar em função da mistura de raças diversas é impossível de se atingir em cães de raças definidas. Esse fato e, inclusive, um dos que mais ajuda a definir o tipo de aspecto que pode ter um cachorro vira-lata – já que ele não é parecido com nenhuma outra raça conhecida.

Saúde e cuidados específicos


Por não ter uma origem definida, o cão vira-lata pode sofrer com problemas inesperados ao longo da vida. Em função disso, os cuidados que devem ser tomados com um cachorro sem raça definida devem ser os básicos que se aplicam a todos os animais, como a vacinação e vermifugação anuais, banhos periódicos, escovação da pelagem (em períodos que variam de acordo com o comprimento e a quantidade de pelagem do pet), escovação de dentes diária, passeios frequentes, tosas higiênicas e corte de unhas periódicas, entre outros.
Geralmente, os cães vira-lata destacam uma facilidade grande em se reproduzir e as fêmeas sem raça definida têm cios frequentes e, por isso, é importante que providencie a realização do procedimento de castração.
A castração também se faz importante para as cadelas sem raça definida em função da piometra – uma grave inflamação uterina que pode afetar a vida delas e até levá-las ao óbito – que pode ser prevenida por meio da realização do procedimento.
Vale lembrar que, em uma única ninhada, uma cadela vira-lata pode ter até mais de oito crias, e que esses animais podem ser filhotes de pais diferentes e, portanto, mesmo sendo filhos da mesma mãe, não há garantia de que os problemas de um cão sejam os mesmos que os que podem surgir na vida de seus irmãos. Por isso, problemas como o da displasia coxofemoral – surgido, na grande maioria dos casos, de forma hereditária – deve ser considerado nos vira-latas maiores, já que não há como prever a probabilidade de que ele apareça ao longo da vida do animal.

Curiosidades sobre os vira-latas:

  • Os vira-latas são cães 100% brasileiros. Nos outros países costumam chamar cães de raças misturadas de “mixed breed”, mas só no Brasil existem os vira-latas que conhecemos.
  • O vira-lata tem vários apelidos como “rasga saco” e “pé duro”, dependendo da região do país. O correto é chamá-los de SRD, que significa Sem Raça Definida.
  • Cachorros vira-latas tem a saúde mais resistente do que cães de raça. Isso porque eles já passaram por uma seleção natural. Como eles não cruzam com a ajuda de seres humanos e não tem um ser humano cuidando da ninhada, os filhotes mais fracos tendem a morrer, sobrando assim os mais fortes e resistentes. Isso ao longo de décadas.
  • O olfato do vira-lata é imbatível. Se comparado ao ser humano, o vira-lata consegue sentir quatro vezes mais. Eles têm o olfato super apurado para conseguirem detectar alimento em sacos e latas de lixo e garantir sua sobrevivência.
  • Na grande maioria das vezes, os cachorros vira-lata também destacam um grande nível de inteligência, não sendo uma tarefa difícil ensinar truques, regras e limites para esses animais tão queridos.

Ainda não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Este campo é obrigatório!

<small>Você poderá utilizar estes <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags e atributos:<br> <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>