Raças

Raças com tendência a obesidade

09 de dezembro de 2016 Postado por Alimentação, Raças 0 comentários em “Raças com tendência a obesidade”

Você sabia que algumas raças possuem tendência a obesidade? Os cachorros também podem apresentar problemas em relação ao peso e um deles é a obesidade. Como nos homens, a obesidade em cães deve ser tratada como um problema de saúde e deve ter muita atenção, não somente por questões estéticas.

Os cães obesos sofrem das mesmas doenças que os seres humanos, como colesterol alto, diabetes, problemas respiratórios, hipertensão arterial, osteoartrite, lesões na coluna vertebral, disfunções renais, entre muitas outras complicações.  

No Brasil, de 30% a 40% dos cães sofre com a obesidade. E o universo canino também conta com animais que muitas vezes têm uma tendência genética para a obesidade. Listamos algumas raças para você ver quais tem tendência a obesidade.

  • Beagle

Essa raça é conhecida pelo entusiasmo, e na hora de comer é a mesma coisa, acabam comendo de forma excessiva. Além de oferecer uma ingestão adequada de calorias ao seu Beagle, o seu cão precisa de uma rotina de exercícios.

Junto com o ganho de peso, a raça é propensa a linfomas, geralmente de espécie benigna. Consulte o seu veterinário sobre todas as protuberâncias que você encontrar no seu Beagle para garantir que eles não são algo mais sério.

  • Bulldogs

Bulldogs são comedores vorazes, por isso, se eles são superalimentados, eles tendem a comer demais, ganhando peso rapidamente e se tornando obesos. Se você possui um bulldog, monitore a ingestão dos alimentos.

Uma vez que quando o bulldog ganha o excesso de peso, é difícil perder os quilinhos a mais. Isso porque esta raça não é construída para o exercício extenuante. Sua cabeça curta e focinho achatado torna a respiração difícil, por isso, superaquecimento e excesso de esforço pode ocorrer mesmo depois de apenas uma quantidade moderada de exercício.

  • Dachshund Teckle, conhecido como Salsichinha

O famoso salsichinha também é conhecido pela grande incidência de problemas de coluna que pode desenvolver, em função da sua longa extensão corporal. Tendo esse agravante, a obesidade em cães da raça Dachshund Teckle pode ser ainda mais perigosa, já que pode influenciar no aparecimento da doença do disco intervertebral.

  • Pug

Os pugs também tem tendência a obesidade e podem sofrer bastante com isso, e também com a questão respiratória, por ser um cão braquicefálicos.

  • Labrador Retriever

O Labrador Retriever tem uma tendência a manter o peso se for sedentário. O exercício físico regular é de extrema importância. O labrador é um cão de alta energia que gosta de brincar, deve ser dada a oportunidade de brincar diariamente. Sempre que possível leve o seu labrador para um mergulho, pois é uma das atividades preferidas da raça.

  • Yorkshire

O Yorkshire apresenta facilidade para desenvolver problemas e complicações diversas na região dos joelhos. E é outra raça que merece atenção e cuidados com a alimentação, porque o aumento de peso, além de poder prejudicar os seus joelhos (que pode provocar luxação de patela e o deslocamento da tíbia) também pode acarretar mais uma série de conseqüências a sua saúde, de uma forma geral.

A correria do cotidiano e da vida urbana limita as possibilidades de fazer atividades físicas, não só para os humanos, mas para os pets também. Porém, os passeios ou jogos estimulantes são imprescindíveis para preservar o peso ideal do cão. É muito importante que o dono compreenda a necessidade de separar um tempinho a essas atividades.

Ainda não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Este campo é obrigatório!

<small>Você poderá utilizar estes <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags e atributos:<br> <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>