Castração

Castração: cuidados pré e pós

25 de novembro de 2016 Postado por Castração 0 comentários em “Castração: cuidados pré e pós”

Castração é um procedimento cirúrgico, e não é muito complicado, porém é preciso cuidados antes e após a cirurgia.

Além de diminuir o abandono, a castração contribui para a saúde das fêmeas, que após serem castradas têm menores chances de desenvolver tumores de mama e machos castrados têm menores chances de ter hérnia perineal.

Como é feita a castração?

Na fêmea: a retirada dos ovários e útero é feita através de um corte (incisão) próximo a seu umbigo, que em seguida recebe uma sutura, ou seja, os pontos para o fechamento.

No macho: a cirurgia de castração é muito mais simples do que nas fêmeas e o procedimento retira os testículos deles.

Mesmo com tantos benefícios é preciso lembrar que a castração tanto no macho quanto nas fêmeas é realizada através de um procedimento cirúrgico, sendo assim como em qualquer outra cirurgia, ela também requer cuidados no pré-operatório e no pós-operatório.

Cuidados antes da castração

Ao tomar a decisão de castrar seu pet você deve levá-lo ao veterinário, lá ele passará por uma consulta para ver se seu organismo está funcionando perfeitamente para a operação. Serão necessários alguns exames para assegurar se tudo está realmente bem. O dono então é orientado a garantir a devida restrição hídrica do pet de no mínimo seis horas e alimentar de no mínimo doze horas. Isso é extremamente importante, pois garantirá a segurança do seu pet durante o procedimento cirúrgico.

Cuidados pós castração

Após o procedimento o cão ou gato ficará em observação na clínica até voltar da anestesia, até ser autorizado a tomar os devidos cuidados do pós-operatório por parte de seu dono. No caminho de casa, pode ser que o animalzinho ainda esteja sob o efeito da anestesia e por isso ficará calmo ou sonolento.

Repouso e descanso são indicados para o pet no retorno para casa. O dono não deve forçá-lo a beber água ou se alimentar quando ele mesmo não demonstrar vontade, porque na cirurgia ele recebe soro, então é normal que ele não sinta fome ou sede nas primeiras horas de pós-operatório.

Como terá sido feita uma incisão, o animal sentirá dor, para isso o médico veterinário indicará um analgésico que deve ser dado na hora certa e pelo tempo prescrito.

Cuidados importantes:

  • Colar elizabetano: o uso é essencial. É aquele colar branco que fica ao redor da cabeça do cão. Ele impedirá que o animal retire a sutura com a boca.
  • Antibiótico: nunca deixe de dar o antibiótico receitado pelo Médico Veterinário. Embora todo o procedimento seja feito em local limpo e adequado e você esteja fazendo toda a limpeza indicada, alguma bactéria oportunista pode tentar se aproveitar da ferida ou do período mais delicado pelo qual o animal está passando.
  • Analgésico: como toda cirurgia o pós-operatório precisa de analgesia, até que ele se recupere. No geral, os profissionais receitam de 3 a 5 dias de algum analgésico. Não se esqueça de administrar. Veja como dar remédio para seu pet.

Ainda não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Este campo é obrigatório!

<small>Você poderá utilizar estes <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags e atributos:<br> <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>